quarta-feira, 3 de outubro de 2012

A história de uma cagão

Bom dia,

Pouco tempo antes de  Agosto de 2011, o Carlos Dias ainda não sabia pescar.

Nas poucas vezes que me foi visitar á pesca, numa de convívio, espantado dizia :

- " Que paciência, estar horas a olhar para as canas..."


Em Agosto, tirou a licença de pesca, e lá vai ele...

Ensinei tudo o que sabia, de pouco ou muito que sei, aprendeu rápido e hoje é um pescador á maneira.


A história do cagão, trata-se de um homem, que decide tornar-se pescador, e pouco tempo depois em noites que ninguém apanha nada, o Carlos apanha.
Vários Homens a tentar as corvinas, mas ninguém apanha...O Carlos tira 9.

Em Locais que só aparecem Sargos pequenos, o Carlos tira grandes...

Enfim, uma "catrefada" de situações, em que nada faz melhor que ninguém, nem pior que ninguém, mas a sorte que acompanhava os audazes, lema muito antigo dos Comandos Portugueses, passaram a ser quase um lema, mas para este Sr. Carlos Cagão Dias.


Todos ficamos contentes que o Carlos seja um bom pescador, e que tenha a sorte que tem, mas paciência tem limites.


Um grande abraço Carlos.


Aqui, uma foto tirada em casa, com uma congelada e umas frescas...

Cagãããoooo



2 comentários: